11 de novembro de 2013

Playlist


Olá, queridos leitores e leitoras, sei que faz tempo que não posto nada, mas calma calma, que o blog ta com ideias novas, e na sexta tem postagem nova da categoria: Entre Blogueiras.

Hoje, dia 11/11/2013 estou completando 1 ano e 11 meses com o Bruno, como vocês sabem, eu sou muito feliz em estar namorando ele. Então por estar tao feliz, com essa felicidade minha (Bruno minha total inspiração), resolvi criar a categoria da playlist, como já vi em muitos blogs achei muito legal, resolvi por aqui, para o blog inovar, então, vou postar aqui as músicas que ando escutando e amando demais.

1. Cheia de Vida - Charlie Brown Jr.




2. Wake me Up - Avicii





3. Vou me Embriagar de você - Charlie Brown Jr.





4. Let Me Go - Avril Lavigne e Chad Kroeger



É isso, obrigada mais uma vez.

1 de novembro de 2013

Entre Blogueiras: "Como é bom ser criança"

Bateu saudade. É da minha infância, aliás, bela infância. Ta, minha bela e bagunçada infância. Às vezes acho que quando era pequena, tinha uma imã entre meu corpo e o chão, porque ficar em pé bonitinha era tão difícil, eu pulava nas coisas e caia, eu subia nos bancos e caia, eu andava e cai. 
O engraçado é que quando olho agora pra cicatrizes que tenho dessas minhas caídas eu dou risada, porque é gostoso lembrar dessa minha fase.
Eu era uma garotinha, vamos dizer que sapeca, até pra nascer dei trabalho, dizem que meu choro foi completamente alto, minha mãe tinha duvida entre dois nomes para mim e disse para o médico escolher e depois desse escândalo meu, adivinha? O medico achou melhor deixar esse nome do que o outro, afinal, o outro era muito delicado para alguém como eu.
 Sabe aquela coisa de "passei na fila não sei do que antes de nascer"? Então eu passei umas 15 vezes na fila de arteira, porque olha.
Sempre se esquecia de ouvir minha mãe dizendo: "Filha vai cair sai dai", e como sempre diz, "boca de mãe é santa", eu caia. E lá ia eu e meus pais no medico, fiquei amiga deles, porque era tão frequente minha visita no hospital.
Mas vem cá, me diz que criança nunca aprontou, afinal, ser criança é isso, é brincar, é sorrir, é pular de muro, arvores, é tacar bolinhas de papel na sala, se sujar, aprender coisas novas todos os dias, é ser criança, e graças a Deus eu aproveitei tudo isso, quero mesmo que meus filhos aproveitem também, porque a infância é sim a melhor fase da vida.
Acho que a coisa mais importante que aprendi com isso tudo foi que eu curti como se não houvesse amanha, eu era tão feliz, e não sabia, por isso eu digo, tem que aproveitar qualquer fase da sua vida, antes que ela mude novamente.




ps: Esse texto foi  inspirado e adaptado no que a blogueiras Evelyn Matos do blog  Moda Caseira me envio, para a categoria Entre Blogueiras, obrigada querida.

21 de outubro de 2013

"Vamos viver"



ACORDA. É, você mesmo que ta ai deitado na cama, esperando que as coisas caíssem do céu, é levanta dessa cama, eu sei que ta confortável, mas ela ou ele não vai bater na sua porta se você ficar ai deitado, se você ama, corre atrás, vai, bate na porta dela ou dele, vai acorda, liga, diz o que sente, antes que seja tarde demais.
Ei você ai também, que ta se olhando no espelho e se achando feio ou feia, para poxa, você é lindo ou linda, não liga por que essa sociedade diz, vai, coloca a roupa que você se sente bem, se não gosta de boné não usa, se não gosta de salto nem compre, vai você não é magro, não precisa de academia pra se sentir bem só porque seus amigos são maiores que você. Ei você não precisa passar tanta maquiagem com medo que alguém enxergue esse cravinho pequenino, só para suas amigas não dizerem que você ta feia hoje, vai, para, não tenta ser alguém que você não é, se ama primeiro, você é linda, você é lindo, acredite. Não importa, sua raça, cor, biotipo, estilo, cabelo, corpo, não importa, você é perfeito ou perfeita assim.
Você ai, que ta valorizando quem não merece você também tem que acordar, porque a vida vai passar e quem vai ficar sozinho é você, vamos, para de ser idiota e vê quem te ama e quem te quer o bem de verdade. E mais uma coisa, tem muito gente atrás dessa pessoa, gente que quer ama-lá como você não esta sabendo amar, gente que faz ela sorrir quando está chorando por você  não deixa ela se cansar mais, luta por essa pessoa, demonstra, valoriza, porque se você continuar assim, vai chegar uma hora que ela vai cai na real e ver que você não ama ela como diz, acorda e vai lá dizer que não vive sem essa pessoa, vamos.
Por favor, você ai que ta chorando por ele ou por ela, para, ergue essa cabeça enxuga essas lagrimas, não maltrate tanto assim seu coração, você merece alguém que não te faça chorar, que apenas te faça sorrir.
Ei, garota, para de tratar seu corpo como lixo, o valoriza se é bonita, mostra mesmo, mas cuidado, tudo que é em excesso fica feio, vai joga esse cabelo de lado, vai por meio da pista e dança como se não houvesse amanha, só que, por favor, se da o valor, acredite, se divertir não é pegar vários meninos, vai se valoriza e se torne mulher por isso garota.
Moleque, para de maltratar as meninas, não diz que vai ligar e não liga, não fala das suas intimidades com aqueles seus amigos bocós, vai para de ficar com um monte de menina só pra mostrar pros seus amigos que você é o cara, poxa para com isso, acha uma pra você dar o valor maior do mundo, aquela que consiga chegar ao amor que você sente pela sua mãe, vai moleque, vira homem.
Você ai, que quer tirar nota, e fica pedindo a Deus uma ajuda, ele ajuda sempre que você precisa, mas antes disso, ele quer ver seu esforço, então estuda, não acha que estudar é coisa de nerd, melhor ser nerd com um ótimo emprego, uma vida boa, do que ser alguém na vida que vai se arrepender dia após dia de não ter estudado.
E por ultimo, você que reclama de tudo, vê o lado bom das coisa, sim tudo tem um porque, as coisas veem com o tempo, vai acredita que a esperança é a ultima que morre.
Quer um conselho? Foco, força e fé.
Vai, se joga nesse mundo, aproveita ainda enquanto é tempo.

15 de outubro de 2013

"Até te encontrar"

Acredito que sempre alguém entrara em nossa vida para mudar tudo, virar o nosso modo de viver de cabeça para baixo. Vai mudar a maneira de sorrir. Vai mudar a cor da pele. Vai mudar o seu tom de voz numa briga. Vai querer que você se dedicasse somente a ela. Vai mudar sua forma de andar. Essa pessoa vai mudar seu beijo. Vai te fazer pintar o cabelo. Vai mudar e ensinar coisas. Vai pedir para você não sair da vida dela. Vai dormi ao seu lado só para você observar ela. Vai mudar seus hábitos. Vai ser o primeiro e ultimo pensamento do seu dia.
Essa pessoa vai te tirar lagrimas. Vai te tirar sorriso. Vai te machucar em brincadeiras. Vai gritar com você. Ah, ela vai te abraçar também. Vai ter vergonha de ser infantil perto de você. Vai olhar pra uma mãe com uma filha e dizer que sonha que você seja assim.
Bom, existe uma pessoa assim, uma pessoa que consegue fazer você escrever milhares de linhas escritas "eu te amo" só para você agradar ela. Vai ser aquela pessoa que você vai se preocupar. Será a pessoa que você a considerara a sua melhor amiga e melhor amigo. Ela terá para você o corpo, o rosto, o olhar, o sorriso, as mãos, os pés, a barriga, até o bumbum mais bonito do mundo. Essa pessoa vai te calar quando você cantar. Vai mudar sua forma de estudar. Ela vai se tornar seu mundo. Ela vai se tornar sua vida. Essa pessoa dirá a todos que você a ama.



Acredite, essa pessoa vai conseguir te fazer ficar bipolar em uma hora apenas. Ela vai te irritar. Essa pessoa vai fazer você gargalhar no meio da rua. Vai te fazer passar vergonha. Ela deitara numa cama com você e não deixara você dormir. Essa pessoa vai ser apenas sua. Vai te fazer amar os defeitos dela.
Ela vai sorrir e vai fazer você se emocionar. Ela vai fazer você sofrer também. Ela não será perfeita para os outros, mas perfeita aos seu olhos. Ela fará você pirar de ciúmes. Ela vai mudar suas roupas. Vai entrar na sua vida pra nunca mais sair. Ela vai falar para seus pais que você é relaxada. Ela sonhara com você e te contara. Vai ser a pessoa que terá o dom de te fazer parar de chorar. Ela vai querer morrer por você. E você ira querer morrer por ela. 
Ela vai te afastar de tudo e de todos. Ela vai querer ser afastada de tudo e de todos. Ela dirá besteiras no seu ouvido. Ela terá uma forma de te abraçar que você nunca sentiu. Essa pessoa vai olhar para uma casa e dizer, é nossa. Ela vai te amar com todas as forças dela. Essa pessoa vai conseguir fazer você sorrir na rua por lembrar de brincadeiras. Essa pessoa é você. Essa pessoa é o amor da minha vida.

9 de outubro de 2013

Entre Blogueiras: "Se ficar assim me olhando"

Sempre quis sentir um amor forte e intenso que conseguisse superar todos os limites. Ah, finalmente eu consegui sentir. Eu era muito nova, do tipo que ficava na rua horas e mais horas, ia às casas de amigas, e em uma dessas visitas, foi quando troquei os primeiros olhares com o homem da minha vida, não passou disso, mas é como se meu futuro já tivesse sido traçado após aquela troca de olhares. Mas, eu também não podia sentir nada a mais, já estava com outro alguém, mas não conseguia tirar aqueles grandes olhos de mel da minha memória. Ai. Acho que foi tudo muito rápido, como se alguém tivesse adiantando a hora de eu ver ele, quando eu menos esperava, encontrou novamente ele, ficava feliz ao ver ele, ficamos nos olhando e não conseguia entender, muitos dias, ao escutar algumas músicas ficava pensando porque ele não saia da minha cabeça, mas de tão nova, não conseguia entender, que aquilo, já era amor. Parece, que ai sim alguém deu um empurrãozinho nele, e ele disse que estava querendo me conhecer, fiquei com medo e disse que pensaria, foram os dias que menos prestei atenção em algo, sentia frio na barriga ao imaginar eu e aqueles olhos de mel perto dos meus. 
O dia.
Sim, chegou o dia, que decidi conhecer ele, estava muito tremula, ele então nem se fala, ele olhava para mim e eu desviava afinal aqueles olhos me faziam querer me tirar da razão, ficamos em silencio, olhando para os lados durante uns 5 minutos, e acredite, foi os 5 minutos mais demorados até hoje, minha cabeça dizia, não faca nada, mas aqueles olhos me chamavam, então decidi beija-lo. Ah, como foi bom. Mas, já ouviram uma história que tudo que é bom dura pouco? Pois é, ele perguntou minha idade e quando eu disse uma surpresa, ele era mais velho, e eu na verdade era nova para namorar, mas eu sei que ali dentro eu estava sentindo algo muito forte. Decidimos continuar esse romance, escondido e perigoso. Mas, como eu disse, não durou muito, tivemos que nos separar, acho que a maior dor de não vê-ló, era não olhar para aqueles olhos e sentir uma arrepio. Alguns meses, algumas cartas trocadas. Tinha decidido esquecer ele, pois não podíamos ficar juntos. Eu me envolvi com outros, mas meu peito chamava por ele, e meus olhos? Ah eles só queriam olhar para ele. E o destino? Ele mais uma vez interveio, era pra ser, não podia ser diferente, ele e eu começamos frequentar por rotina os mesmo lugares, acabamos nos envolvendo, era mais uma vez um romance proibido, mas era o que o futuro me reservava, entre complicações e desentendimentos, decidimos levar a serio esse nosso amor. Ai, nosso romance, virou uma história de verdade, não era mais apenas troca de olhares ou troca de cartas, eram beijos, abraços e carinho, era um amor, era o amor da minha vida, e digo isso, pois ele, hoje, é o homem da minha vida, o homem que vivera comigo ate o fim. E aqueles olhos de mel? Eles ainda me arrepiam.



ps: Olá queridos leitores, mais um texto da categoria "Entre Blogueiras" , essa história que eu escrevi, foi baseada no que a blogueira Abgail, do blog De menina a mulher, me enviou.
Obrigada querida pela compreensão, e leitores ainda aceito histórias, me mandem.

7 de outubro de 2013

Indicação


Olá, queridos leitores!
Hoje o blog vem com uma coisa diferente, não será um texto, mas aguardem pois na quarta vem mais um texto na nova categoria "Entre Blogueiras" .
Hoje vim falar de um livro (weblivro) que uma amiga blogueira, a Gizah, dona do blog: Lohh Cazz escreveu e está começando a postar,o "O Legado das Sombras". Hoje ela postou o prefácio, eu já havia lido antes dela postar, pois ela carinhosamente me envio para mim avaliar, e por eu gostar de verdade, resolvi dar uma forcinha para ela.



Minha opinião: Só por essa parte que eu li, eu já fiquei naquela ansiedade de ler o resto, ela conseguiu me prender ao texto, não sei vocês querido leitores, mas eu gosto de livros ou textos que exaltem os pequenos detalhes, não gosto de nada "resumidão", gosto de ler aspectos físicos e psicológicos os personagens, gosto de ler como é o local por onde se passa a história, para então eu realmente entrar na história, por isso gostei tanto desse livro da Gizah.

Vou postar aqui o prefácio para vocês ficarem curiosas para ler o livro todo, espero que gostem  e leiam toda vez que ela postar, acredito que escritoras assim precisam mais do que tudo, do carinho dos leitores e incentivo, pois talento ela tem muito, podem confia. Então queridos leitores, passem lá, pra deixar a opinião, sugestões e etc. de vocês para ela no post do livro


Prefácio 

“Você pertence a algo maior do que esta simples vida.
Não fuja do seu legado, não há como fugir da sua essência, ela sempre vai te acompanhar, te perseguir, não importa onde esteja ou quem finja ser. A sombra do que você é sempre vai estar ao teu lado te atormentando até aceitar que é uma de nós, que nos pertence.
Eu não vou desistir de você e muito menos deixa-la para traz.
Não há como negar o que foi escrito pelo destino e pelos seus Nayade.
O seu lugar é ao nosso lado não vou deixá-la partir, e ai daquele que
tentar me impedir juro pelos deuses!
Não finja que nunca soube, no fundo de seu ser você sempre teve consciência que não é este seu lugar. Não me negue isto!
Não fuja de mim, é tudo o que te peço minha querida.
Ouça o chamado, a Névoa a envolveu, a hora é agora, o Palácio a chama, seu Legado e o seu destino à aguarda.”
             Eu o fitava atônita, como isso aconteceu?! Por que eu?! Ele me desvendou como um livro aberto, como se soubesse todos meus medos e segredos, mas eu não acreditava ser aquela pessoa da qual ele se referia capaz de ser tão poderosa e fazer o que todos acreditavam estar no meu destino.
            O olhei atordoada e pela primeira vez na vida soube exatamente o que significava o termo “deus grego”. Aqueles olhos verdes me encarando fixamente tirava o restante do fôlego que me restava, não tinha como dizer não e muito menos sim.
            Eu não sabia quem realmente era, mas uma coisa sempre soube, eu não pertencia a ninguém, e ninguém iria me dominar eu era dona do meu próprio destino e senhora da minha própria sorte. Não pedi por aquilo, não pedi para ser uma deles, muito menos pertencer a eles. Porém havia um fato que eu não podia negar, eu era um deles, e nada nesse mundo poderia dizer o contrário. Mas tinha algo em sua oferta que soava opressivo, como se eu fosse apenas um animal a ser caçado e domesticado, mas se estavam pensando que poderiam me subjugar, me controlar, se enganaram completamente, eu não iria permitir isso.
            Fitei o chão, não era um sinal de humildade, não queria que ele visse a duvida refletindo neles, por mais lindo e perfeito que fosse havia uma escuridão em seus olhos que me assombrava lançando arrepios pela minha espinha.
            Como seria? Abandonar a minha vida e começar uma totalmente nova? Nunca tive muitos motivos para gostar da vida vazia que levava, mas agora tinha alguém, existia uma pessoa ao meu lado sempre dizendo que estaria ali, junto a mim viesse o que viesse, Adrian estaria ali, não importava se ele havia me magoado, ele tinha sido o único que não me abandonou.
            O fitei, ele ainda me olhava com seus olhos verdes raiados de dourado estranhamente gentis, e então tive certeza de algo que temia.
            OH CÉUS!!! Eu queria ir.
            Podia ver dois caminhos na minha frente e as consequências de cada um deles, rejeitaria quem eu era passando a viver como qualquer ser humano, com tranquilidade, tendo uma pessoa ao meu lado que me faria alguém que tivesse orgulho de si mesma, porém minha vida ia ser atormentada pela culpa por não seguir o meu verdadeiro caminho e me tornaria um risco para todos ao meu lado.
            Ou cumpriria meu Legado, correndo o risco de fazer coisas das quais não iria me  orgulhar porém teria total controle sobre mim mesma não machucando ninguém, finalmente estaria em meu verdadeiro lar e viveria ao lado de pessoas iguais a mim, que me entendiam e pertenciam ao mesmo mundo onde eu devia estar.
            Não queria dar o braço a torcer mas ele estava certo, eu preferia ele, queria pertencer ao mesmo mundo que o dele, eu não conseguiria afastar o meu chamado muito menos fugir dele, queria dizer sim mas me sentia culpada, era como se estivesse traindo quem mais me ajudou, quem mais acreditou em mim, meu querido  Adrian.
            O que ele diria?! O que ele faria?!
            Nos olhos do homem que estava na minha frente vi a gentileza sumindo e a raiva crescendo lançando um brilho negro por sua íris, fiquei apavorada, ele tinha descobrindo o motivo da minha excitação, ele tinha percebido.
            Minhas pernas bambearam, ele deu um passo a frente me acusando com apenas um olhar.
            “Me diga que não é por causa dele” sibilou ele com a raiva fluindo em cada silaba que pronunciou.
            Não consegui dizer nada, precisava encontrar a resposta que nem eu mesma tinha.
            Virei olhando pela janela o horizonte, o sol se pondo lançando no céu raios de nuances multicoloridas, a noite estava vindo, senti a névoa ao meu redor como um manto sobrenatural me acariciando delicadamente, o poder fluiu ao meu redor se apossando de meu corpo trazendo  sentimentos e sensações que nunca tinha experimentado antes.
            “Me responda” pediu ele calmamente.
            Virei decidida, meus olhos arderam, meu cabelo esvoaçava com o vento selvagem que entrava pela janela, senti meu corpo forte, algo me queimava por dentro.
            Por um segundo ele ficou atordoado.
            Dei um sorriso misterioso, tão surreal quanto a imagem que ele via.

            Sim, eu tinha a resposta.


Obrigada pela compreensão novamente queridos leitores.

2 de outubro de 2013

Entre blogueiras: "Tempo ao tempo"

Sabe aqueles momentos da vida que se fosse possível a gente jogava tudo pra cima e sumia? Sim, sumia mesmo, não apenas fugir, sumia de verdade. É, pois é, cá estou eu nesse momento deplorável. To me sentindo sozinha.
Parece que as coisas não estão dando certo comigo, tudo esta indo água a baixo, nem as pessoas que mais eu confiava eu tenho por perto, e nem ao menos sei por que, minha vida esta ficando louca, esta ficando daquele jeito “SOCORRO". To achando minha vida um desastre, daqueles grandes, de passar na tv durante meses.
E to achando que as coisas ruins vem tudo de uma vez, às vezes vêm para fazer nós seres humanos acordamos e percebemos de uma vez que a vida não é fácil, que alias essa palavra vida, deveria se chamar "luta constante". Acredito que tudo isso que esta me acontecendo vai me trazer algum ensinamento, mas enquanto não vem, eu fico aqui, triste, cabisbaixo, porque na boa? Eu não to aguentando. De verdade, queria ter um botão que acabasse com tudo isso, que me tirasse disso tudo, que não me fizesse ficar nessa situação estranha.
Só queria um lugar pra relaxar, uma música calma, e alguém, ou algo que soubesse me dar à solução disso tudo, alias queria que tudo isso acabasse, ou que as coisas viessem aos poucos. Queria, queria muito. Acho que também ficar me lamentando aqui não vai adiantar de nada, só que agora o que posso fazer, estou sem forças, quero nada agora, quero apenas que tudo volte ao normal, ou que melhore. Acho que preciso de um tempo, que ai tudo passa, afinal, na vida tudo passa. E eu, vou continuar vivendo e sei que tudo melhorará.


PS: Esse foi um texto que eu escrevi baseado em uma historia  que a Fabiana, do blog Just dream and belive ,me conto, da categoria nova "Entre blogueiras",  obrigada querida por colaborar.

27 de setembro de 2013

50 fatos sobre mim



  1. Tenho mania de pintar as unhas e no outro dia já tirar ou trocar de esmalte (sim eu sei que isso não pode, mas não consigo parar).
  2. Moro com meus pais.
  3. Amo dançar.
  4. Acho que sou meio crícrí.
  5. Tudo o que vou fazer converso com meu namorado primeiro.
  6. Dou sermão nas pessoas, não passo mão na cabeça de ninguém (tenho que parar com isso).
  7. Escrever, tocar violão e abracar o bruno, são as únicas coisas que me fazem parar de chorar.
  8. Amo rock, sim rock and roll.
  9. Minha risada é feia demais
  10. Meu ídolo é o Chorão.
  11. Sou carente, demais.
  12. Prefiro fazer cafuné e massagem do que receber.
  13. Meu cabelo natural é enrolado.
  14. Sou bem ciumenta.
  15. Gosto de pão com presunto e manteiga.
  16. Prefiro andar de chinelo do que de salto.
  17. Odeio sapatilha.
  18. Minha cor favorita é vermelho.
  19. Não sou fã de feijoada.
  20. Sou 8 ou 80.
  21. Descubro mentiras muito fácil (não sei se é isso é bom ou não).
  22. Não acho gente musculosa bonita.
  23. Brigo o dia todo com minha franja (serio gente, ela não para no lugar).
  24. Amo matemática, contas, por isso vou ainda fazer ciências contábeis.
  25. Não saiu sem meu celular.
  26. Odeio andar de bolsa.
  27. Quero ter uma moto minha (era a hornet, porém agora uma fazer)
  28. Acho lindo pit bull.
  29. Adoro morder (tenho dó do meu namorado por isso).
  30. Tenho colegas e pessoas que converso muito, mas amigos não tenho.
  31. Já andei de skate.
  32. Amo tênis.
  33. Tenho preguiça de passar maquiagem.
  34. Amo escrever e receber cartas (indireta do bem pro Bruno).
  35. Gosto de coisas com caveiras.
  36. Já tive bochechas grandes e era chamada de fofão na escola por isso.
  37. Não durmo sem o boa noite do Bruno e sem ele estar dormindo também.
  38. Me acho estranha.
  39. Não gosto e nem nunca gostei que mecham comigo na rua.
  40. Adoro bacon e batata frita.
  41. Tenho mais dinheiro jogado na bolsa do que na carteira.
  42. Amo escrever (ah jura né?)
  43. Nunca tive estereótipo certo de meninos ou homens.
  44. Sou apaixonada por surpresas (mais uma indireta do bem pro Bruno)
  45. Não gosto de rosas vermelhas, apenas brancas.
  46. Adoro ter fotos grudadas nos lugares.
  47. Não passava maquiagem até conhecer meu namorado (eu era muito "moleca", andava só com homens, de calça, shorts e jamais saias).
  48. Queria ser mais fofa.
  49. Já pratiquei luta.
  50. Quero ir pra um parque aquático em que eu possa nadar com golfinhos (sim eles são muitos fofinhos).

16 de setembro de 2013

Entre blogueiras: "E não adianta nem me procurar"

Acho que alguém precisa tacar um balde de água gelada em mim, para ver se finalmente eu acordo. Nossa, eu ando cansada de sofrer, de correr atrás de você, de achar que você é uma coisa num instante, e no mesmo dia você me decepcionar. É estou precisando me tacar num piscina de água gelada na verdade, porque mesmo que falem, mostrem, eu não acordo, o que esta acontecendo? A gente não tem mais nada, mas porque essa saudade sua, esse amor que sinto por você, não sai de mim? Por quê?! Queria muito te esquecer, mas esquecer de tudo, desde nosso primeiro beijo, desde dia que te conheci. Bom, ah bom foi, mas o que você fez depois, e ainda o que faz te torna apenas um "ogro" sem sentimento, alias "ogro" não, porque até o Shrek tem sentimentos e ama de verdade a Fiona. Você, ah você é um cachorro, pronto, é isso que você é, mas pensando bem cachorros são fofos, esta vendo, até para eu decidir o que você é, acaba me deixando confusa. Minha história com você durou nem 365 dias, mas já me fez cair mais de 365 lagrimas ao pensar em tudo que vivemos e tudo o que você é. Tudo o que fiz por nós foi em vão.Você devia sumir da minha vida, eu deveria fazer você sumir, mas quanto mais eu tento te esquecer, tudo me faz lembrar você, porque você jogou esse feitiço em mim? Você foi meu amor, meu namorado você se tornou tão bom em pouco tempo, tudo foi tão intenso, porque desde começo não me mostrou quem realmente você era? Sabe, seria muito mais digno de sua parte ta? Não consigo me entregar de verdade a ninguém. Fico noites sem dormir. Você esta me atrapalhando. Como alguém tão perfeito que você se mostrou em cinco meses, pode acabar com tudo em 5 minutos, só em 5 minutos de alguém me contando tudo o que você fez e ainda faz? Por quê? E nessa de eu ficar triste, de eu ficar choramingando pelos cantos por você, eu acabo te ligando, porque somente sua voz que me acalma, isso tem que parar, tenho que de uma vez por todas te esquecer, e sim apagar você de tudo, não só dessa agenda de celular, não só do facebook e whats app, tem que ser da minha vida. Sim, é isso, vai doer, eu sei só em mim, porque você, ah você né querido, já esta atrás de outra, cansei de ser sua garantia, cansei de chorar por alguém que ao invés de acabar com isso, só me faz cair mais em choro, cansei de ser a tonta. Cansei de nossas brigas.


Isso, esta decidido, de hoje em diante, acabou, agora sou só eu, vou parar de ir atrás de você quando eu estiver mal, se for preciso mudo de número para nunca mais ver seu telefone me chamando, sabe eu sou uma ótima garota, eu mereço alguém mil vezes melhor que você, e claro que essa pessoa existe, mas estou dentro de uma caixa de vidro, aonde só cabe você, e vou sair hoje dessa caixa. De hoje em diante, eu vou me amar, vou me respeitar, e você? Você só ficara no passado, sei que para te esquecer de vez vai demorar, mas aos poucos tudo se encaixa, e eu? Vou ser feliz, feliz sem você, feliz sem gostar de você. Ah, essa sim vai ser a melhor coisa a se fazer. Alias se fosse para mim se vingar de você isso seria a coisa mais perfeita a se fazer, te esquecer e te mostrar que você perdeu. Já era, acabou para você, que tanto me fez mal, vou procurar a felicidade, e tenho certeza que nesse caminho até ela, você estará bem longe. 



PS: Primeiro texto da categoria "Entre blogueiras" ( Introdução da nova categoria, para quem não conhece) , inspirado na história da minha amiga Bruna, que estuda comigo na faculdade e me deu a ideia desse tema para o blog.

11 de setembro de 2013

"Grande amor"

Sabe o que eu quero? Você, você para minha vida toda. Quero você até velhinho, com a pele toda enrugada, careca e andando de bengala, quero te chamar para sentar ao meu lado numa cadeira de balanço e te chama de "meu veio". Quero você me acordando gritando, apavorado, porque perdemos a hora pro serviço. Quero você sentado na sala vendo jogo enquanto eu faço nosso almoço de domingo. Quero você me olhando e falando: Você está ficando gordinha. Quero você chegando do serviço e eu te dando a melhor noticia: "Estou gravida!". Quero você indo jogar bola com nosso filho, ou apenas levando nossa filha na escola, quero você implicando com minhas roupas curtas e apertadas, quero você me abraçando no escuro. Quero estar com você ao comemorar a aposentadoria. Quero te ajudar na compra de seus sonhos, quero fazer uma viagem, uma não, muitas com você. Quero você trocando lampada de casa. Quero brigar com você, quero se reconciliar com você, quero escutar seu dia-a-dia, mas não por telefone, na cama antes de dormir. Quero que você chegue cansado do serviço e deixe fazer uma massagem, quero te presentear materialmente, quero escolher nosso carro. Quero você sendo eternamente meu melhor amigo. Quero lembrar o nosso primeiro ano de namoro e ainda ver que depois de anos juntos, ainda estamos do mesmo jeito, quero dançar com você. Quero você por toda a minha vida. Quero agradecer você por todos esses lindos meses juntos. Quero, ah, eu quero você! 
Quero te amar para sempre, e dizer obrigada por tudo o que me faz.
Sabe aquela frase: Quer casar comigo? Essa frase, eu nunca quis ouvir, eu sempre fui do tipo de menina que não acreditava em contos de fada, que achava que essa história de metade de laranja eram apenas "lorotas" feitas pelos sortudos que tinham alguém para amar, que princesa e príncipe era a coisa mais ridícula do mundo. Eu nunca quis entrar numa igreja com um vestido branco, com calda enorme, com todos me olhando e eu vendo em minha frente meu futuro e para sempre amor. Sempre dizia que aliança era só depois de anos ou então só quando fosse casar. Eu nunca fui daquelas meninas que queria receber flores e chocolates todos os meses. Eu sempre fui tal garota. Hoje eu sou uma mulher, uma mulher que não vê a hora do amor da vida dela pedir ela em casamento, que não vê a hora de entrar em uma igreja de vestido branco com muito brilho, mas claro tudo ao seu tempo, eu sou uma mulher que hoje quer declarações de amor, quer flores, chocolates, cupcakes, surpresas, cartas. Eu era uma garota antes de te beijar, hoje sou uma mulher, não uma simples mulher, mas uma mulher que é feliz e que tem alguém (você) que faz de tudo apenas para tirar um sorriso do rosto. Quero sim muitas histórias bonitas para contar aos nossos netos, quero um beijo no meio da noite, quero um bom dia com um abraço. Depois de tantos meses juntos não acreditaria que ainda estaríamos firme e fortes com nosso amor. Hoje, eu amo decifrar seus sorrisos, aquele "sorriso com vergonha" que você da umas olhadas para baixo, aquele "sorriso por sorrir” que male má consigo ver seus dentes, aquele "sorriso quando acha tudo engraçado", e sua barriga começa a doer, aquele "sorriso depois de um beijo". Você me fez melhor, como ninguém nunca havia feito. Você me fez crescer, aprender que nem tudo virá fácil, que as coisas acontecem no seu tempo, alias você foi assim, não imaginava que um dia eu me apaixonaria por uma pessoa que conheço desde meus 12 anos, mas não de conhecer mesmo, apenas de vista. Você e eu. Eu sempre serei a sua namorada, a sua, apenas sua. Ao pensar tanto em meus sentimentos, e ver muitas pessoas falando de seus sentimentos, criei uma teoria, que as pessoas conseguem sentir três tipos de sentimentos que se confundem muito, mas que uma hora ou outra você sente a realidade, a paixão: "Que dura pouco tempo, no máximo três meses, é aquela que você não vê a hora de ver e abraçar, que a todo o momento você quer estar junto". O amor: "Aquele que dura um pouco mais, mas que acaba quando nós menos esperamos, é um sentimento muito forte, mas que com o tempo se desgasta, infelizmente os companheiros acham que não da mais e acaba esse sentimento tão bonito". E tem o ultimo e não menos importante sentimento, o grande amor: "Esse começa naquela paixão, passa para um amor, e mesmo depois de brigas, discussões, intrigas, invejas, caídas e levantadas no relacionamento, ele ainda está tanto no coração quanto na mente do casal, esse grande amor dura uma vida toda". E eu, hoje, sei que você não é apenas uma paixão, um amor, é meu grande amor, um grande amor para a minha vida toda. Sim, é exatamente isso.
Grande amor é sentir que aquela pessoa representa tudo. Sentir que você pode estar a 1000 km longe, ainda estará com aquela grande amor ao seu lado. É apenas querer caminhar de mão dada ou abraçada, é ter medo de acordar o dia sem uma mensagem da pessoa amada, é gritar aos quatro ventos que ama, é mesmo depois de uma fase difícil reerguer o relacionamento, é criar planos e ir concretizando, é traçar metas sempre pensando em tal pessoa, é passar o dia todo pensando naquele que ama, é acordar a pessoa no meio de uma noite apenas pra se acalmar depois de um pesadelo, é namorar no sofá, é sair e não ter vergonha de beijar na frente de todos, é matar desejos, é ser fiel. Ter um grande amor é ter alguém que te proteja ter alguém que te acalma, que te encanta que te acaricia que te entende. Grande amor é aquele que você imagina casado. O grande amor é aquele que você deseja que seja o pai dos seus filhos.
Eu não sei mais viver sem esse meu grande amor, sei que muitos ainda não acreditam nesse tal sentimento, mas é sempre assim, quando você menos espera surge, cada um tem seu tempo, cada um tem uma história e cada um sente de uma forma. E você venho no tempo certo, venho devagar e conquisto pedacinho por pedacinho. 
Obrigada.
Eu te amo, e será para toda a vida, eu prometo. 





PS: Leitoras, fiquei super feliz em gostarem da ideia, e sim eu irei fazer esses textos, então podem me mandar quando quiserem, postarei um texto por semana, a categoria se chamará: "Entre blogueiras" , ah queridas, espero que mandem algo, pode ser um acontecimento, um amor, uma amizade, qualquer coisa, não necessariamente a vida toda, também pode ser uma ajuda, um pedido de conselho ta? 
Ah, esse texto, postei no meu facebook, para o Bruno, e como achei super fofo, e imagino que muitas de vocês sentem esse "grande amor" decidi postar aqui também, estou fazendo 1 ano e 9 meses hoje.
Obrigada leitoras.
Kellen Oliveira.

6 de setembro de 2013

Enquete

Olá, queridas leitoras. Ontem uma amiga minha da faculdade estava lendo meus textos na aula, ai ela falou:
- Kellen, transforma minha história em um texto?



Então leitoras, fiquei pensando e pensando, e decidi abrir uma categoria nova aqui, mas dependo da opinião de vocês e de vocês, claro.
É o seguinte, você me contaria sua história, não necessariamente de sua vida toda, mas algo que você acha interessante e que não sai da sua cabeça, um sentimento, um passeio, um amor, uma amizade por e-mail, e eu pegaria ela e transformaria em alguma narrativa, dissertação ou cronica. Conversaria com você e seria meio que uma auto-ajuda e ou apenas um história que virou texto, para você guardar de recordação. Já fiz isso uma vez para uma amiga, que achei o momento que ela estava vivendo magico ( link do texto Ficamos com o sonho ). Ela diz que amou. 



Depois de encerrada a votação, ai eu começo os textos, então leitoras me ajudem?
Se quiserem já mandar as histórias podem ta? Avisa aqui nos comentários, se você mandou ta? Tomara que de certo essa ideia leitoras, preciso da colaboração de vocês <3

kellen_cristina_oli@hotmail.com

4 de setembro de 2013

"Sempre ali pra estender a mão"

Amizade: Afeição, estima, dedicação recíproca entre pessoas do mesmo sexo ou de sexo diferente: laços de amizade. / Amor. / Acordo: tratado de amizade. / Benevolência, favor, serviço: provas de amizade. 

Esse é o significado que esta escrito no dicionário, mas será que é isso mesmo que as pessoas sentem? Será que ainda existem amigos de verdade? 
Amizade vai além de postar coisas fofas em redes sociais, postar fotos beijando, abraçando, mordendo, com textos enormes. Vai além de sair juntos. Vai além e dar parabéns só que foi lembrado pelo facebook ou hotmail. Amizade é estar a qualquer momento junto, nem sempre fisicamente, mas apenas mostrar que no meio do escuro você pode contar com tal pessoa. 
Conheço muita gente que "bate no peito" dizendo que é amigo, mas que não esta a todo o momento com aquela pessoa,  e claro que com o passar dos anos agente fica sem tempo, mas não digo ficar 24hrs juntos, mas uma visita, uns 5 minutos de uma ligação não faz mal no dia-a-dia, uma simples mensagem. Amizade não é só passar anos da sua vida juntos e do nada sumir. Foi uma grande e bela amizade, mas se deixa estar como estar, acaba passando a ser uma velha amizade e não um amigo. Essa amizade fica pra trás, você ainda a considera, mas sabe que precisa de alguém ao seu lado em determinado momento de sua vida. Pode ser amigos a distancia, mas você sabe que pode contar com aquela pessoa, porque ela fica contigo, ela se importa contigo.
Amigo de verdade é aquela pessoa, que aceita seus trejeitos, que te alerta, que quando você chora na madrugada na rua, é ela que implora a Deus que você volta a sua casa e tente dormir. Amigo não é aquele que em festa ou roles fica lembrando o seu passado, quando é um passado que você mesmo decidiu esquecer, amigo não é aquele que acha lindo você beber até vomitar e depois escutar sermão de sua mãe, amigo não é aquele não apoia seu namoro quando ele te faz a melhor pessoa do mundo e ainda  te chama de "cachorrinho". 

A verdade é que se acha que uma pessoa que nunca está presente em sua vida, não se importa contigo, você esta apenas iludido, porque amigo é sua mãe, que acorda de madrugada pra cuidar de uma febre, que faz comida pra você quando esta com fome, que te ensina a passar maquiagem, te ajuda a calçar o primeiro salto. Amigo é seu irmão que mesmo você batendo nele, ele ainda diz que te ama, que te empresta todas as roupas mesmo depois de reclamar. Amigo é seu pai, que te ensina a andar de bicicleta, que te ensina a dirigir, a jogar bola, ensina o certo e o errado, te chama de princesinha na frente do seu namorado, mesmo ele sabendo que você tem vergonha. Amigo é seu namorado ou namorada, que te conhece como a palma da mão, que tem planos de vida com você, que te coloca em primeiro lugar, que sente saudades de você.
Amigo te estende um ombro amigo. Amigo grita com você quando necessário, amigo não passa mão na sua cabeça em toda sua decisão, amigo te incentiva. Amigo te ajuda quando você mais precisa, seja com um emprego, dinheiro, conselho, roupa, o que for, ele simplesmente ajuda. Ou te ajuda quando você também não precisa, mas te faz sorrir com uma piada. Amigo, é mais do que parceiro de role. Amigo faz algo pra você sem esperar nada em troca.
Amizade pode sim existir entre duas pessoas que se odiavam na quinta serie e quando entram na faculdade veem que seus pontos em comuns são maiores. Amizade existe sim entre um roqueiro e um pagodeiro, amizade existe sim entre homem e mulher. Amizade não tem idade, cor, raça, sexo ou gosto, apenas tem que ter respeito e ser amigo de verdade, não apenas da "boca pra fora".
Claro, que muitas pensam, mas amor à gente terá muitos na nossa vida, mas amigos também, e tem amor de adolescência que gera casamento de 75 anos. As pessoas tem que saber ponderar essas duas coisas. Existem amores inabaláveis e amizades abaláveis, assim como o contrario, é questão de sentir o que mais te importa: perder um grande amor por uma suposta amizade, ou perder um grande amigo por uma paixão passageira. E é claro que se pode ter os dois, basta saber que você pode contar com os dois.
Ai, eu paro pra pensar, existe amigos de verdade ainda? Sim existe, o mundo ainda não esta tão perdido e se você tem um amigo que você pode chamar de irmão, o valoriza. Um amigo que não acha feio você namorar? Valoriza-o. Um amigo que te diz quando está feio/a? Valoriza. Um amigo que te liga ou manda mensagem perguntando apenas se você esta bem? Valoriza-o. Um amigo que entende seu nervosismo? Valoriza-o.
Algumas amizades levam anos pra se concretizar, enquanto outros em meses já faz você sentir que aquela pessoa sim é sua amiga. Então não adianta achar que um amigo que você tanto considera também te considera assim, porque não é só falar, é demonstrar. E como diz no dicionário, amizade é dedicação recíproca entre pessoas.

PS: Esse é um texto de opinião, então queridos leitores, entendo que nem todos irão concordam  mas fico agradecida de entenderem desde já.

31 de agosto de 2013

"Mais uma vez eu ser feliz"

Achava que aquela festa não me daria muitas coisas, na verdade estava indo só porque insistiram muito, achava que aquela noite seria apenas mais uma chuvosa e fria, e eu estaria no meio de amigos mas sem estar feliz de verdade. Não, eu não sou depressiva, apenas minha vida estava de cabeça para baixo, minhas notas na faculdade caídas, estava desanimada para tudo, tinha perdido meus pais faziam menos de seis meses, eu estava sozinha, numa casa de 4 cômodos e sem nenhuma alma viva lá dentro. Minha amiga tinha me dito que passaria em meia hora em minha casa para irmos nessa festa, coloquei meu coturno, um shorts e meu suéter vermelho, pensei em passar maquiagem, mas não estava me sentindo feliz o suficiente para isso. Ela chegou, e eu respirei fundo pra ir pra fora de casa, mas como havia prometido eu abri o portão e fui pra essa festa. No caminho, minha amiga tentava me animar, mas eu estava me sentindo incompleta. Sabe, sempre fui alegre, sempre fui muito simpática, mas com todos esses acontecimentos, minha vida parece que tinha caído num abismo e quanto eu mais tentava subir eu cai com mais força. Ao chegar na festa, pedi uma bebida pro moço do bar, pedi uma smirnoff, encostei na bancada e vi tanta gente sorrindo, dançando, beijando, aquele não era meu lugar no momento. Até que você, veio e me comprimento, se apresentou feito um príncipe, pegando na minha mão e beijando-a, eu acabei soltando o primeiro sorriso depois de 6 meses em pura tristeza. Perguntei a mim mesma, que efeito que você me deu em menos de 5 segundos. Eu, me apresentei e ao você beijar meu rosto, senti um arrepio dos pés a cabeça. Que sensação. Passamos metade da noite conversando, eu apenas respondia suas perguntas, estava tímida, você me elogiava muito, dizia que eu era a primeira garota que ele via sem maquiagem e achava encantadora e você me fez realmente conseguir me fazer se sentir uma princesa. Pedi licença e fui ao banheiro, chegando lá, olhei pro espelho e pensei: " preciso voltar a viver". Voltei, e você ainda estava lá, para a minha total alegria, olhou em meus olhos e pergunto se eu queria ir embora, e eu aceitei. Ao saímos de lá, você  abriu a porta do carro, foi devagarzinho e você colocou um cd e para minha incrível surpresa era da minha banda preferida. No caminho, você olhava para mim e abria sorriso e eu não conseguia te olhar e olhava pra rua. Você me levou até a porta da minha casa, disse que queria meu número, eu passei, você foi feito um príncipe, não avançou nenhum sinal, só se mostrou completamente carinhoso. Desejou uma boa noite e que qualquer coisa podia ligar a qualquer momento.
Eu ainda me pergunto, como você pode ser tão perfeito, você deve ter um defeito e o único que achei até hoje, foi não ter aparecido logo em minha vida.
No outro dia, ao acordar, vi uma mensagem sua e lá surgiu meu segundo sorriso. A gente começou a sair, você vinha em minha casa e trazia comida e filmes para ficarmos juntos, nunca tentou nada. Apenas ficava abracado comigo, deitava em seu colo e você fazia carinho em meu cabelo e em meu rosto. Em uma noite toda, contei minha vida toda para você.


Lembro de uma noite diferente, quinta feira, estava mais uma vez chovendo, e no meio do filme, eu olhei em seu olhos e disse que estava te amando, e você olhou em meu olhos e deu um beijo na minha testa e disse que já me amava desde aquela festa, e finalmente nosso primeiro beijo. Hoje, estamos morando juntos em um apartamento e dentro desse lugar tem duas almas vivas. Você ainda mesmo depois de anos continua aquele mesmo garoto que beijou minha mão naquela festa. Você foi minha salvação, alguém tinha que me tirar daquela vida triste que estava vivendo, você me completou e me fez amar, fez eu sentir o amor quase igual ao que eu sentia pelos meus pais, você virou minha família, você é minha vida. E a minha vida, ainda terá décadas e enquanto eu viver você será a única razão do meu sorriso. Eu achava que aquela festa, aquela noite seria igual muitas, mas não, ela me trouxe a pessoa que me fez voltar a viver. E hoje, eu vivo.

21 de agosto de 2013

"Sou quem eu sou"

Acho que eu nunca me apresentei para vocês né leitoras, acho que também é a primeira vez que não estou escrevendo um texto que seja falando sobre algo, estou muito contente com o sucesso do meu blog, não imaginava ter mais de 400 seguidores, e ainda ter tantos comentários positivos em relação ao que escrevo, só tenho que agradecer uma por uma aqui, e eu tento de verdade, mesmo sem tempo eu tento.
Bom no blog tem  meu perfil, mas vim aqui falar de mim também um pouco...
Me chamo Kellen Oliveira (mas podem me chamar de Ke) tenho 19 anos, e moro em uma cidade do interior de SP, Marília, atualmente moro com meus pais, e curso a faculdade de Administração (pretendo terminar essa faculdade e fazer ciências contábeis), tenho um namorado, Bruno há 1 ano e 8 meses, ele é muito mais que namorado, é amigo, pai e irmão, tenho ele como meu espelho, quero fazer tanta coisa boa como ele faz, eu encontrei o amor queridas leitoras e é com ele que quero casar, digo isso porque nunca disse eu te amo até sentir de verdade e só com ele que eu senti o que era amor, ele me apoia muito com esse blog, me elogia tanto e lê todos meus textos ( é um amor). Adoro música, meu ídolo é Alexandre Magno (vulgo Chorão). Minha vida é bem corridinha atualmente, 12hras eu entro na empresa, trabalho na FATEC, sou uma estagiaria publica, e lá faço tudo, o que aprendo na faculdade, por isso gosto tanto, depois vou direto pra faculdade e fico até as 22hras lá, meu namorado sempre me busca, e ai ganho um tempo com ele. Finde semana, aproveito meu tempo com o Bruno, também com a família, fico no blog e raramente toco violão ou jogo vídeo game.



O blog inicialmente tinha meu nome (Keh Cristina), porém acabei enjoando, mudei muitas vezes, mas firmei com esse "Pedaços de Lembranças", esse nome porque acho que todos nós, temos pedacinhos e lembrancinhas, de tudo que vemos e vivemos, e é com isso que escrevo. Sim, eu escrevo não só textos sobre minha vida, ou o que talvez esteja sentindo no momento, escrevo sobre qualquer coisa, situações na rua, me inspiro em música, historias de amigos, sonhos, evito muito assuntos como religião, politica e futebol. 
Escrever para mim é muito importante, eu já acordei de madrugada  fui escrever, porque isso me acalma (só menos que o abraço do meu namorado), escrever é muitos mais do que palavras soltas num papel, eu coloco sentimento, eu entro na personagem que crio e muitas vezes sinto o que digito, inúmeras vezes ao falar algo sobre tristeza, chorei ao escrever, acho que o meu "diferencial" se é que tenho, é exatamente esse, me colocar na/o personagem criado. Quando escrevo sobre o que ando vivendo, fica mais fácil, mas acredito que meus textos dramáticos são os mais chocantes. Escrever para mim é tipo terapia, isso realmente me faz bem, desde  mais nova, sempre fui de escrever, desde diários a caderninhos de romance, tenho uns 15/16 cadernos lotados de textos, mas alguns não posto porque são extramente pessoais, acho que minha vida melhorou depois que comecei a escrever, sempre guardei todo e qualquer sentimento apenas pra mim e por isso já sofri demais, sofri calada. 
Queridas leitoras sou muito grata por lerem aqui, sempre que eu anuncio ou quando veem, agradeço a cada seguidora e a cada elogio, acho que um blog de textos sem elogios e motivação não vai pra frente. 
Não tenho nenhum texto como preferido que postei aqui, mas os que são para meu namorado, são os que mais gosto de ler e reler. Acredito que a preferencia dos que leem aqui são esses "Fecho os olhos, te trago pro meu mundo" ,  "Ouça dos céus que eu não duvidei do amor" , "Não tente se esconder" , "Lembrar seu rosto, se torno a ultima opção" porque são os que mais tenho visualização, talvez não muitos comentários, mas visualização muitas, mas varia de pessoa pra pessoa também, mas admito que para mim não importa isso, eu gosto de qualquer texto que escrevo e que mesmo que for apenas um trecho toque alguém que esteja lendo.
Leitoras é isso, obrigada por cada visita aqui ta? Em breve, coloco mais um texto e estou aceitando sugestões de temas, vou fazer um por um, só tenham calma, um grande beijo.

Facebook: Ke Oliveira
Twitter: @1exfofa


17 de agosto de 2013

"Cada um tem seu caminho"

Gosto de pessoas que se preocupam. Do pessoal que admite dois defeito e diz uma qualidade. Daquelas que mesmo quando não tem nada para oferecer, ainda conseguem dar algo para você. Pessoas que andam sorrindo. Daquelas que sentem ciumes. Gosto de gente que saiba ler um bom livro debaixo de cobertas. Pessoas que ao ver alguém chorar, se preocupa, pode até não ir perguntar o que aconteceu, mas passa o dia martelando na mente o que tinha acontecido. Gosto de pessoas que tiram sorriso apenas contando como faz bolo. Aquelas que assumem seus erros. Pessoas que dizem eu te amo apenas quando sente. As pessoas que não maltratam ninguém, seja um animal, uma planta ou uma pessoa. Daquelas pessoas que dão valor em uma lagrima derrubada por ela. Pessoas que demonstram vontade de te ver, mesmo estando cansadas, mesmo estando de tpm, mesmo estando no pior dia, ainda ligam e avisam que estão chegando.


 Gosto de pessoas que lutam pelo o que quer. Aquela gente que não inventa sentimento, se sente sente, se não sente não mente. Também gosto de pessoas que valorizam o parceiro de relacionamento. De gente que assume o amor para os quatros ventos, que não tem vergonha de ser um dos poucos que ainda sabe amar. Pessoas, que oferecem balas a crianças quando tem no bolso. Gosto de pessoas que se ama acima de tudo.Adoro pessoas que sabem viver, dia após dia, que pode sim ter seus problemas, mas sabe aproveitar até o lado ruim disso tudo. Gente que faz gentilezas. Gosto de pessoas que escutam uma historia longa sem nenhuma vez desviar o olhar. Multidões que inventam uma dança para mostrar ao mundo que união faz a forca. Gente que gosta de animais. Pessoas que se esforçam, que não desistem na primeira queda. Gosto de pessoas que abracam forte, esmagando. Daquelas pessoinhas, que são elas mesma não importa quem esteja perto ou aonde esteja perto. Aquelas pessoas que dizem obrigada para tudo. Gosto de gente que é gente. Gosto de pessoa que é pessoa. Gosto da sociedade sendo ela mesma, gosta de qualquer pessoa não importa seu defeito ou qualidade, mas apenas gosto se esta pessoa estiver sendo sincera com seu próprio eu. Pessoas que sonham com um mundo melhor e sonham em encontrar seu caminho.




13 de agosto de 2013

"Mas não vou ficar aqui"

Era um domingo ensolarado, sentei em um banco de um praça no meio da cidade. Aquela praça era como um refugio para as pessoas que moravam perto nos dias de calor,tinha muitas crianças brincando, alguns grupos de jovens, uma casa com um churrasco, um grupo de meninos bebendo cerveja num banco perto desta casa, uns três casais de namorados, um grupo de idosos jogando truco. Fiquei ali sentada olhando ao meu redor, via as atitudes, os sorrisos, as gargalhadas, os gritos, as musicas que rolavam e bem debaixo de uma grande arvore no meio da praça, para a minha surpresa tinha alguém em solidão, uma garota, devia ter seus 18, 19 anos, tinha cabelos lisos e claros, estava de tênis, calca jeans e moletom, estava sentada no chão, apoiada nessa arvore, com uma caixa ao seu lado. Por um impulso, resolvi me sentar mais perto e tentar entender como uma garota tão linda estava naquele dia tão só... Fui para um banco mais perto, continue a observar aquela menina, ela estava com um fone de ouvido, sua cabeça estava abaixada, mas era percebível que estava chorando. Tive vontade de ir falar com ela, mas aposto que ela queria ficar sozinha. Ela então após uns 10 minutos que eu a reparava, finalmente se mexeu, ergueu a cabeça e enxugou suas lagrimas, parecia que tinha ganhado forças do alem, pegou a caixa que estava ao seu lado, era quadradinha, não muito grande, era um vermelho tao vivo, uma cor linda na verdade, foi então que percebi que era uma caixa de amor, com coisas de amor [...] Ela abriu a caixa, com um olhar de criança, como se estivesse dizendo adeus ao que mais gostava, tirou de dentro da caixa um embrulho de bombom, em seguida tirou vários, colocou tudo na tampa da caixa ao outro lado... Fuçou e fuçou na caixa por mais uns 3 minutos, tirou uma rosa branca, ao olhar essa rosa ergueu a cabeça, olhou para o céu e começou a chorar, tentou engolir o choro, mas foi inevitável, amassou a rosa e colocou na tampa. Há essa altura, tinha mais pessoas a observando, mas aquela garota parecia estar num quarto branco sozinha, não sentia a presença de mais ninguém. Não consegui ter dó e nem pena daquela garota, apenas queria entender porque alguém machucou tanto ela, dava pra ver em seus gestos e olhares que ela precisava dessa pessoa, mas que agora não fazia mais diferença. Depois disso, ela começou tirar varias coisas dessa caixa, como se ela não tivesse fundo, até tirar tudo. Ela conseguiu o que queria, ver a caixa vazia, assim como ela estava se sentindo, vazia. Ela colocou tudo em uma sacola, deixou apenas a caixa no chão, levantou e jogou em uma cesta  de lixo ao lado de uma fonte de água, jogou uma água em seu rosto, enxugou o rosto e volto para aquela arvore. Aquela garota parecia ter domado uma decisão, talvez não sofrer mais por alguém que não merecia e erguer a cabeça e seguir em frente. Eu olhei em minha volta e não havia mais ninguém a observando, apenas eu. [...] Parecia que eu estava sentindo o que ela sentia. Em uma rápida ação, a garota pegou uma caneta e escreveu algo no fundo da caixa, fechou e colocou debaixo dos braços, saiu andando até aquela casa que estava tendo um churrasco, pergunto algo a uma pessoa lá dentro, que aponto para o banco do grupo de meninos. Pronto, era aquilo que a mais temia, ir até esse banco, suas pernas não queria dar uma passo, mas ela tinha que chegar até aquele banco, dava para se perceber o medo que ela estava sentindo.
Ela, andou até esse banco, deu um beijo no rosto de um garoto e entregou a caixa. O garoto levantou-se e a chamou, mas ela com a cabeça e coração decidido, não olhou para trás. Naquela caixa, eu não vou saber o que estava escrito, mas só de ver o olhar no garoto ao ler e ver ela partir, percebi que a ficha dele havia caído, aquela garota o amava, mas ele não deu valor nela, agora ele ficara sem ela, porque ela abriu os olhos e viu que de passado triste ela não poderia mais viver.

7 de agosto de 2013

"Como se fosse a primeira vez"

Querido Bruno,

Quando te encontrei não achava que daria certo, você era aquele garoto difícil de mudar, quando te encontrei eu acreditei que nada passaria de uma bela noite juntos, quando te encontrei comecei a me encontrar e depois disso vi que tudo iria mudar. Meu querido, você tem o dom mais lindo de todos, que é encantar. Hoje sou você e você é eu. Estamos vivendo um história de cinema, uma historia que deveria ganhar muitos "oscar's", nosso romance envolve todos os gêneros de filmes.Romance quando você me trás bombons, me pede pra ser sua eternamente, diz que me ama bem baixinho no meu ouvido, me pede em casamento. Comédia nas nossas trapalhadas de finais de semana, da gente cantando, de você contando piadas sem gracas, da gente jogando juntos, de risos eternizados depois de um beijo atrapalhado. Ficção quando ficamos imaginado coisas sobre extraterrestres, se existe fantasmas e do nada nos assustamos. Infantil quando resolvemos brincar de bola, fazer casinha com os lençóis e imaginar nos dois numa casa juntos, brincando em joguinhos de celular, correndo pela casa. Terror quando estamos a noite nas ruas e você desliga o farol só pra ficar tudo escuro e quando acende o farol fico esperando algum monstro aparecer na frente da moto. Drama quando brigamos, choramos juntos e depois fica aquele clima ruim, quando fico com medo de te perder e a unica coisa que faco é te abracar como se fosse o ultimo dos abraços. Ação quando estamos há 140km por ai, quando passamos apuros no carro. Documentário quando um tenta explicar e explicar sobre algum assunto, que as vezes da ate pra cochilar enquanto um conta algo. Guerra quando resolvemos "brincar" de jogar travesseiro ou qualquer coisa que esteja na nossa frente no outro, também quando tiramos fight que são complemente estabanados e sempre acaba com um machucado. Mas o mais importante é saber que você, meu querido, é um dos protagonista dessa história, tinha que ser você, tem que ser você daqui até a eternidade. Sabe aquele filme meu querido, aquele "Como se fosse a primeira vez" eu faria isso por você, te conquistaria e faria você se apaixonar por mim dia após dia, até meu ultimo respirar. Meu querido,  nossa história será diferente dos filmes que dura 120 minutos, será igual conto de fadas: " E viverão feliz para sempre". 

17 de junho de 2013

Agora é a hora ♪

Talvez a gente não tenha sido feito perfeitamente um para o outro, mas na verdade não existe ninguém perfeito e nem casal perfeito, talvez eu não seja a "princesa" dos seus sonhos, e talvez você também não seja o "príncipe" dos meus sonhos, mas se fosse desse jeito eu não teria vontade de descobrir suas manias e "trejeitos", talvez meus pais não concordem mesmo com nosso namoro, talvez eu e você tenha esquecido do nosso jeito de amar, não amar por amar, mas amar gostoso, saber valorizar quem está do nosso lado, talvez você não consiga mais decifrar meus "6 sorrisos", talvez você esteja parando de me desejar, talvez eu esteja cansada de sua estupidez...Talvez a gente acabe tudo o que já construímos, e será cada um para o seu lado. Talvez, nesses encontros e desencontros da vida, quando estivermos mais maduros e mais "cabeças" podemos nos encontrar naquela mesa de bar, eu saindo da minha empresa e você saindo da sua, eu cansada e querendo apenas sentar e beber um chopp e você querendo se acabar de beber para esquecer da vida, talvez eu de oi pra você, e você irá vir em direção a minha mesa, vai perguntar se pode se sentar, vai dar um beijo em minha bochecha, e eu vou já estar "derretida" por você e direi que pode sim se sentar, talvez você comece puxar papo comigo, eu estarei meio encabulada, mas ouvirei cada palavra que sairá dessa sua boca, talvez você fique sem jeito ao ver eu jogando meu cabelo como sempre gostou, você olhara fixamente em meus olhos e abrira um sorriso, e eu talvez fique vermelha de vergonha, eu perguntarei da sua vida, não porque vou querer saber, apenas pra achar um espaço na conversa pra perguntar se sente minha falta, talvez você também estará pensando assim, eu perguntarei e você irá tomar um pouco da sua vodka, irá olhar em meus olhos, pegara na minha mão e dirá com sua voz tremula que sente minha falta, que éramos muitos novos e que devíamos tentar novamente, e eu talvez irei dar um dos meus sorrisos, e direi que também sinto. Talvez. Isso seria muito perfeito, tipo cena de filme americano, mas acho que nesses "talvezes" eu decidi uma coisa, que não terá um talvez na frente, decidi que vou sentar ao seu lado hoje e vou dizer que te amo, e que não quero ter que passar por isso quando mais velhos, porque nossa hora é agora, e podemos ainda recuperar nosso amor, e eu espero que diga, e que não "talvez diga", que me ama também e que aceita recomeçar, não do 0, mas do 1. 

31 de janeiro de 2013

"Não tente se esconder"


Então quer dizer, que a sociedade agora não da mais valor a beleza interior? Então quer dizer que a exterior esta tachando o caráter? É, que mundo louco que estamos vivendo. Na verdade, uma completa a outra, mas estão começando a esconder a interior com a exterior, "pagando" de algo que não é ou que não pensa daquela determinada forma. Mas também não quer dizer que se só porque esta de "decote" é uma menina fácil , não é  porque tem "tatuagem e piercing" que é um vagabundo na vida, "idade" não significa maturidade, não quer dizer que só porque escuta "rap" é malandro, não é porque usa "óculos de graus" que é nerd, não quer dizer que se "bebe" é porque não liga pra vida, não quer dizer que se tem "auto-estima" é arrogante, só porque "ri alto" está querendo chamar atenção. Não coloque a aparência como rotulo, você pode estar enganado. Estamos vivendo num mundo que ser "top" é o mais importante, enquanto ser uma pessoa de boa índole não vale mais nada. E isso não vem apenas de televisão, vem de tudo, até quando ainda são bebes e mães ficam disputando pra ver qual o filho mais bonito, ou colocam as crianças naqueles concursos de "miss bebe", concordo que cada um faz o que quer, mas é apenas uma criança, na melhor fase da sua vida, é nessa época que ela aprende sobre as coisas, a fase que pode ser feliz por brincar numa caixa de areia no parquinho. Inocência. Pois é, cadê a inocência dessa sociedade? Tudo se perdeu, valores pequenos, como jantar em família, almoço na casa da avó aos domingos, tudo foi acabando. As crianças estão querendo virar adolescentes logo, quer coisa de gente grande, celulares, saltos, maquiagem, internet, tudo que é exagero faz mal. Adolescentes querem virar adultos logo, querem se comportar como adultos concordo que amadurecer cedo é bom, mas tudo tem sua hora, não adianta alguns andarem com pessoas bem mais velhas e achar que assim são maduras, não, isso não esta certo. E pode vim falar, cada um faz o que quer, quando essas pessoas realmente crescerem, algumas vão se arrepender... Vestibular, faculdade, emprego, responsabilidades, dirigir, contas, etc. Isso não é "legal". Tudo muda, quando se vira adulto, tudo tem mais "gravidade". A questão é pra que muitas pessoas passam maquiagem, colocam tênis da moda, colocam saias com paetês, comprar aqueles bonés diferentes, e não se sentem bem? Só pra agradar? Mas e você? Você não esta se agradando, antes de ficar bonito ou bonita para outros, tem que ficar bonito ou bonita para si mesmo, não adianta negar sua personalidade, isso é o mais bonito em uma pessoa, não ser influenciável. Quer andar na moda, ande. Quer sair de salto até pra ir ao mercado, saia. Mas não se esqueça do que você é, demonstre sua personalidade, não tente agradar os outros. Claro que se você se sente bem fazendo tais coisas, continue, é isso mesmo que se tem que fazer, se sentir bem. A sociedade não pode ditar suas regras, suas roupas, seus sorrisos, suas atitudes, é você que tem que ditar sua vida, afinal Deus a deu para você, para você amar ela mesma. O mundo mudou, a tecnologia apareceu, com seu lado bom e com seu lado ruim. Mas, apenas pense que você tem que ser você, e não ser aquela garota perfeita que todos os meninos desejam ou ser aquele menino perfeito que todas querem andar na sua moto tem que ser alguém que não seja falso com si mesmo. Não mude para agradar ninguém, mude para si mesmo. Não esqueça quem você realmente é. O que você é por dentro que vai ditar sua vida, não mude seu caráter. E também não pense que o que é por fora, é a mesma coisa por dentro, aparência não diz nada. Não adianta falar "sim" e estar pensando "não" só pra agradar essa sociedade louca que estamos convivendo. Não rotule ninguém.